Sangue 

DosagensEscopoColetaFotosLaudos
DOSAGENS DE MINERAIS
Metais Tóxicos – Análises Químicas Minerais e Oligoelementos
Dosagens de minerais em sangue animaL

Utilizados para avaliar o equilíbrio mineral, contaminações por metais tóxicos, e melhora de performance dos animais competidores e reprodutores, fornecendo aos médicos veterinários dados mais específicos para um diagnóstico mais preciso.
O monitoramento dos minerais essenciais a vida, e a investigação sobre os metais pesados em animais, torna-se mais usual a cada dia, por conta de avanços em estudos neste sentido, mostrando que um indivíduo melhor nutrido vive mais e melhor.
O laboratório Biominerais trabalha em conjunto com pesquisas e desenvolvimento neste sentido, ja tendo analisado amostras de:

  • sangue
  • urina
  • vísceras 
  • pelos
  • em Cães, Gatos, Equinos, Bovinos.

ESCOPO DOS MINERAIS


INSTRUÇÕES PARA COLETA

Elaboramos estas instruções com o objetivo de orientar médicos veterinários e seus auxiliares  sobre os procedimentos corretos para a COLETA, ACONDICIONAMENTO e REMESSA de AMOSTRAS até o laboratório, para a dosagem de  Minerais, Oligoelementos, e metais Tóxicos em amostras biológicas.

A não observação dos critérios técnicos específicos comprometem parcial ou completamente os resultados analíticos obtidos.

Coletar 6 ml sangue do animal em jejum por 12 horas, exclusivamente no tubo VACUETTE, exaustivamente testado, e totalmente livre de contaminantes:

Especificações: REF 456080

Anticoagulante: Heparina Sódica

Volume: 6ml      Tamanho: 13X100

Cor de tampa: Azul escuro      Anel: Preto

Indicações: Elementos de traço

Sistema de coleta: O mesmo utilizado para coleta de sangue a vácuo com agulha apropriada e descartável. Recomendamos o uso de suporte apropriado.

OBS: Em situações extremamente críticas, usar seringa comum de coleta (nunca de vidro) e transferir imediata e diretamente no tubo até se esgotar o vácuo, de forma lenta a não ocorrer a hemólise. NUNCA  ABRA O TUBO QUE ELE SERÁ CONTAMINADO.

Não colocar a amostra em outros tipos de tubos, com anticoagulante inadequado, ou tubo contaminado, sob pena de alterar o resultado final.

Após a coleta, inverter o tubo por 10 vezes para ação adequada do anticoagulante.

Preencher a etiqueta do vacuette com o nome do animal, ou identifica-la.

Caso haja necessidade de armazenamento por mais de 2 dias para envio ao laboratório, armazenar o tubo em geladeira a 4o C.

Preparar as amostras para o envio, colocando os tubos em embalagem de isopor com gelo-gel e encaminhar para a BIOMINERAIS. Não é necessário congelar a amostra.

Caso haja necessidade, ou conveniência, marcar a coleta para um único dia da semana, para facilitar procedimentos de despacho, diminuindo custos. Recomendamos que não sejam enviadas amostras às 6a feiras ou em vésperas de feriados prolongados.

Nas capitais e em grandes cidades, recomenda-se o envio por avião: VASPEX, VARIG CARGO, TAM. No interior onde não existam vôos regulares para Campinas ou São Paulo. Recomenda-se o envio pelo SEDEX (correios) evitando-se neste caso de efetuar o despacho após as 15:00 horas, e nas sextas feiras, pois em vários lugares após esse horário a encomenda só segue no dia seguinte.

Uma observação importante: o elemento Si (silício)  no sangue só poderá ser analisado separadamente a pedido  do profissional, pois este terá que ser coletado em 4 tubos na mesma punção, e os três primeiros deverão ser descartados, e encaminhado ao laboratório somente o quarto tubo. Isso ocorre pelo fato das agulhas conterem material lubrificante que contém muito silício

             A QUALIDADE DOS RESULTADOS INICIA-SE COM A OBSERVÂNCIA DAS NORMAS DE COLETA.

 FOTOS

 

LAUDOS TÉCNICOS